domingo, 14 de novembro de 2010

Blade Runner, a obra de Ridley Scott

É uma experiência e peras viver com medo, não é? É o que significa ser escravo. - Blade Runner

Esta semana, no ciclo de Film noir. Como sempre, a ficha elaborada por José Xavier Ezequiel.



2 comentários:

nd disse...

Marcante, sim, e tão vivo entre os filmes grandes como este que de cedo tenho visto.

Teresa disse...

Incontornável.
E obrigada, Nuno, pela visitinha.
T.