quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português

Apresentar «uma visão ampla e contextualizada» de Fernando Pessoa num dicionário que reúne «a soma dos conhecimentos actuais sobre a sua obra e sobre o Modernismo» é a proposta do extraordinário Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português», agora editado pela Caminho, com coordenação de Fernando Cabral Martins.

Cerca de oito dezenas de especialistas assinam mais de seiscentos textos sobre temas pessoanos, resgatados na vastíssima produção pessoana de poesia, ficção, teatro, filosofia e teoria, estudando a sua relação com grandes nomes da literatura universal e partindo de ângulos tão diversos como o político, o científico, o retórico ou o esotérico.

Fernando J.B. Martinho, Manuel Gusmão, Richard Zenith, Haquira Osakabe (professor e investigador brasileiro entretanto falecido, a cuja memória a obra é dedicada), Leyla Perrone-Moisés, Jerónimo Pizarro, Manuela Parreira da Silva e Teresa Rita Lopes, entre outros colaboradores, demoraram dois anos a elaborar este dicionário.

«Este dicionário é para pessoas interessadas em Pessoa, pessoas interessadas em poesia, pessoas interessadas em Arte - porque o Modernismo tem também uma zona que não é só literária. Por exemplo, há um longo artigo sobre o Amadeo de Souza-Cardoso, ou o Santa Rita Pintor, sobre vários artistas que são importantes e mesmo correntes estéticas, como o futurismo, o expressionismo ou o dadaísmo, etc.", referiu o professor universitário e investigador Fernando Cabral Martins, em declarações à Agência Lusa.

Um acontecimento editorial do ano que me chega exactamente neste último dia de 2008. Para já, deixo a referência. Brevemente trarei aqui a minha análise deste portento.
A todos, votos de Bom Ano, com os melhores livros.


Teresa Sá Couto

4 comentários:

Nocturna disse...

Mais meia dúzia de Teresas e seríamos todos bastante mais cultos. Depois de ler os seus textos ,há uma urgência de ir logo comprar os livros de que fala.
Que4 Deus abençõe por esse talento.
Um grande abraço e um Novo Ano 2009 com muitos livros

Hugo Besteiro disse...

eu recebi isso no natal :)

Nocturna disse...

Parabéns Hugo.
Você é um felizardo que tem excelente amigos.
Feliz ano !

Teresa disse...

Obrigada, Nocturna, pelas suas palavras e pelos votos. Cá estamos num Novo Ano na antiga boa companhia, o que já é óptimo!! ;)))

E, pois, o Hugo é um felizardo! Ganhou-me uma semana!!! É realmente uma obra extraordinária.

Beijinhos aos dois
TSC